Menu

VULNERÁVEL

3.00

Postal ‘VULNERÁVEL’ by Domvital

Uma caneta azul hoje marcou corpos com precisão de quem joga um cabra cega a carregar uma arma letal, com requintes de crueldade, meu povo viverá a guerra civil declarada. 
O Brasil já chora o bastante e deve chorar mais …
Eu sinto muito, vejo me a participar de um cortejo fúnebre de futuros (des)conhecidos cheio de lágrimas, a lavar a alma. 
Sinto nosso povo exposto e vulnerável. Na mira de gente cega de ódio. 
Sejamos vigilantes e corajosos, seguiremos juntos rumo ao caminho da paz e fraternidade.
Que nosso coração siga a vista pra desarmar coração amargurado. 
Violência gera violência, o amor vencerá! 

VULNERÁVEL

Share on facebook
Share on email