Menu

- Olá Breiner. -

Adoramos construir sonhos. Temos o vício de estar constantemente a sonhar e reconhecemos que esse modo de estar, de cada um, nos complementa. São sonhos que encaixam bem como as peças de um puzzle. E depois, quando conversamos sobre o assunto, sobre as ideias que nos ocorrem, “se um diz mata, o outro diz esfola”, explica Sílvia, sobre si e o marido, Raul Pina.
Entre sorrisos, diz que “este projeto nasceu num forte ambiente criativo que nos motivou a procurar um espaço que nos permitisse partilhar as nossas escolhas. Um espaço multifuncional, agradável, de interação entre aquilo que gostamos e o gosto de outras pessoas que tal como nós apreciam qualidade, design, simplicidade, criatividade”.
E, como em todos os projetos, há uma história por detrás, que ajuda a sustentar a decisão de abrirem portas ao público: na verdade os amigos de Sílvia e Raul sempre lhes perguntavam onde compravam isto ou aquilo, elogiando a escolha, o bom gosto, este ou aquele detalhe. E de tantas vezes acontecer “convencemo-nos de que tínhamos mesmo de partilhar esta nossa vocação com todos que também se identificam com o nosso gosto, enfim, com uma certa filosofia de viver a vida”, explicam Sílvia e Raul Pina.
 
De facto, a gente entra e sente-se num canto da casa. O local é muito acolhedor e a madeira, elemento forte da decoração, dá-lhe um especto muito natural, provocando uma confortável sensação de acolhimento. Ou seja, não é apenas o atendimento de qualidade, o profissionalismo e a simpatia de Sílvia e Raul Pina que manifestamente, tornam o “Olá Breiner” um espaço acolhedor. Tudo em volta é especial e tem cariz. Quem entra, pode encontrar peças para criança, adultos e, ainda, objetos para casa e utilitários que tornam os dias mais agradáveis e práticos. Sempre com um toque único.
 
Além das nossas duas marcas próprias – 100% Portugal e Mum Who Loves to Sew – tivemos o cuidado de selecionar projetos que têm em comum a originalidade, a sustentabilidade, a qualidade e o preço acessível”, conta Sílvia Pina, acrescentando que “conhecemos e contactamos outros criativos que, como nós, fabricam peças handmade, expressão anglo-saxónico muito em voga e que, no fundo, quer dizer peças criadas com amor. E é isto que nos interessa e é nisto que acreditamos, porque hoje, o mercado, diferencia-se por uma necessidade de autenticidade e naturalidade do produto, colocando o criativo, o cliente e o universo, numa atitude corresponsável e consciente. Acreditamos que tudo isto pode ser feito de uma forma muito bonita e, claro, muito criativa, em perfeita harmonia com a nossa casa comum, o planeta onde vivemos”.
 
Entre as muitas peças disponíveis para compra, encontram ilustrações, fotografia, bijuteria de autor, cerâmica, decoração, artigos de moda para senhora e homem, fragâncias e uma vasta seleção de acessórios para criança que não deixam ninguém indiferente.
 
Que mais precisa saber, para ter vontade de nos vir dizer OLÁ?